segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

O sucesso intemporal do Auto da Barca do Inferno



            A representação do Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, no Mosteiro dos Jerónimos é um exemplo marcante do grande sucesso desta obra ao longo dos tempos.
            Esta representação é uma proeza para o teatro português. A maneira como os atores representam a peça é fabulosa. As vozes, os trajes e a aplicação de escadotes para simbolizar as barcas são aspetos importantes que contribuem de forma determinante para este sucesso.
            A sensação de surpresa na entrada das personagens origina muito entusiasmo por parte do público.
            O trunfo decisivo é a grande interação com o público, que dá extremo dinamismo à peça e faz com que os espetadores se sintam presentes, como se fossem figurantes.
Inês Felicidade, n.º 17, 9º C

0 comentários: