quinta-feira, 16 de maio de 2013

Adamastor


Quem sou eu?
Eu sou o gigante Adamastor,
O pior pesadelo teu
O que te causa temor!


Sou o Cabo das Tormentas,
Transformaram-me em rochedo.
E apesar de todos os lamentos
Ainda permaneço neste ledo.

Só por amar Tétis,
Um amor não correspondido,
Eu queria apenas ser feliz
Quando dei por mim aqui metido.

Ó cruel amor,
Preferia até nem ser nada,
Mas tê-la, em vez da dor,
Em vez desta angústia amaldiçoada!

Assim que a vi nua pela praia,
Não consegui resistir
Ao seu encanto divinal
Que não me deixa mentir.

Ainda lutámos nós contra os deuses,
Da qual guerra saímos derrotados.
Que vergonha para os meus irmãos
Que se sentiram fracassados!

                                                       Liliana Cardoso, 9ºA, Nº 11

0 comentários: