segunda-feira, 3 de março de 2014

Páginas de um diário



Querido diário                                                            20 de Fevereiro de 2001  

Hoje foi o pior dia da minha vida pois fiquei sem o meu coelho. Enquanto os meus pais me abraçavam, levaram-no e é por isso que é o pior dia da minha vida.
Eu acho que se consegue perceber pois  nem saio do quarto nem vou, com os meus pais, ao parque. Fiquei demasiado chateado com eles. Acho que  só vai durar  um tempo, pois sempre que me chateio, uns  dias depois, passa.
A minha  mãe diz que é melhor assim porque ele é livre e tem companhia. Mas o meu pai acha que  quando se ama uma coisa, devemos deixá-la ir e se ela também nos amar, ele vai voltar. Mas, desta vez, acho que é diferente pois a quinta para onde o levaram, fica a quilómetros daqui.  
Só vejo o meu coelhinho em todo o lado e foi só hoje que o levaram.
Bem, acho que realmente não há volta a dar, fiquei sem coelho e vou ter de viver com isso.

Até amanhã, meu querido diário.

Rodrigo Silva, 6ºD - nº16

0 comentários: