terça-feira, 21 de junho de 2011

Viagem de sonho


Aquela que sempre sonhei
Aquela que sempre quis
Aquela que sempre amei
Aquela que me faz feliz.

Sonhei, sonhei e voltei a sonhar
Àquele destino queria ir
Mas nunca o pude alcançar,
Pois sonhos podemos ter,
E para os atingir
Muito temos de percorrer.

Vi peixes a voar
E aves a nadar.
Num mundo de fantasia
Ao qual nunca irei chegar.

Eu avanço em canoa
Enquanto vejo outros de piroga
Eu navego à toa
Com tanta vergonha de os ver passar!
Se estivesse em terra já estaria na toca,
Pois a vergonha é um sentimento
Que nunca irei ultrapassar.

Sonhar, sonhar, sonhar,
Somos um ser sonhador,
Mas encaramos a realidade
Com alegria, sofrimento e dor.

Vitor Machado, nº 26, 8º D

0 comentários: