terça-feira, 11 de junho de 2013

Amizade



É um amigo bestial
Que me ajuda no essencial.
Quando ele dança capoeira,
Impressiona-me de uma tal maneira!

Tem olhos castanhos como a terra,
É feito de paz e não de guerra.
Nunca é capaz de retroceder,
Só sabe mesmo desenvolver.

Nas aulas é conversador,
Mas é um amigo de enorme valor.
Tem notas de um profissional
Que eu acho fenomenal!

Brinca sem parar,
Não gosta de ludibriar.
Está-me sempre a incentivar
Para que eu consiga ganhar.

                                                                                              Carlos Cardoso, nº 2, 7º E


Poema dedicado ao aluno: Gonçalo Pereira, nº 14, 7º E

0 comentários: